Os Dez Melhores Dicas Para Viajar Com Crianças

Os Dez Melhores Dicas Para Viajar Com Crianças

Os Dez Melhores Dicas Para Viajar Com Crianças 1

Faltam poucos dias pra que o nosso filho mais velho Teo cumpra 9 anos, que, por tua vez, são os que passamos viajando com criancinhas. Este acontecimento não nos torna especialistas, nem muito menos, visto que à proporção que crescem, os nossos filhos irão mudando seus gostos, caráter, preferências e necessidades. É um procedimento consecutivo de adaptação e de aprendizagem mútua, que não cessará até que abandonem o ninho ou se harten de viajar com a gente e começar a fazê-lo sozinhos.

porém, durante todo este tempo, fomos pegando certos automatismos. Pouco a insuficiente vamos decifrando em que ocorrências Teo e Oriol se vão sentindo mais confortáveis ou simplesmente se divertem mais no momento em que estamos remoto de residência. Muitos desses truques e recomendações que temos vindo a descascar em doses homeopáticas, as histórias que vos vimos narrando de lado a lado nesse website, todavia até nesta ocasião não tinha animado a recolher as que consideramos básicas. Aqui estão os dez melhores informações para viajar com criancinhas: o que aprendemos viajando com nossos filhos.

  1. Maior segmentação ou propostas turísticas
  2. 1 Trabalhos conservados
  3. Precipitação anual: 700 mm mais um menos
  4. Ms. Giselle Freud, França
  5. Fabrus 00:50 23 out, 2005 (CEST)
  6. Make Form ID hiperlink targets less redundant (phab:)
  7. Centro de Estudos Tecnológicos do Mar Não.36 (CETMAR)
  8. Não esqueça os jeans

Está super bem isso de sair da residência com tudo planeado ao milímetro, mas as gurias são completamente imprevisíveis. Há ocorrências em que o cansaço, a curiosidade ou simplesmente tédio farão com que seus filhos se saiam pela tangente. Em residência ou em nossa zona de conforto, temos mais técnica de reação, porque conhecemos o terreno, mas viajando toca-nos ser muito pacientes com eles e improvisar soluções.

Se você tiver paciência e mantém a calma é muito mais fácil inverter a circunstância e que tudo saia a solicitar de boca. Agora que temos claro que a paciência é situação sine qua non para viajar com gurias, toque em escolher destino.

o tempo que levamos viajando com nossos filhos nos propusemos duas linhas vermelhas que não desejamos cruzar a hora de escolher nosso sentido. Do mesmo modo que estão distante, todavia os países necessitam ser seguros e dispor de boas condições e infra-estruturas sanitárias. Também, consideramos que é imprescindível contratar a todo o momento um ótimo seguro de viagem, pelo motivo de as meninas são mais suscetíveis que os adultos a permanecer ruins (como nos ocorreu pela Tailândia, com as garotas). Cada garota é um universo e você conhece o teu filho melhor que qualquer outra pessoa nesse universo.

Antes de empreender uma viagem é preciso investigar um pouco a respeito de os passeios ou lugares que visitará em destino. Tenta realizar atividades adequadas aos seus gostos e idades. Quando você tem filhos com idades muito diferentes, é complicado, mas é curioso dividir para que todos se sintam envolvidos.